Você sabe o que é IQF e como ele pode impactar na cadeia produtiva?

Encontrar bons fornecedores é fundamental para o sucesso de uma indústria, pois fatores como qualidade e entrega dentro do prazo impactam diretamente nos processos e principalmente no produto final. Devido a uma rotina bastante dinâmica, muitas empresas acabam não dando a atenção devida e/ou não controlam a qualidade de seus fornecedores.

Existem diversos critérios para avaliação dos fornecedores, dos mais simples aos mais complexos, que envolvem cálculos e atendem a normas ISO, por exemplo. Porém, independentemente do tamanho do seu negócio, avaliar e registrar a qualidade dos provedores de matéria-prima e/ou insumos é essencial para uma gestão mais eficiente, especialmente se a sua rotina de trabalho envolve muitos fornecedores.

Para lidar com este desafio, é preciso criar parâmetros de qualidade para assegurar que o fornecimento esteja conforme os padrões da sua empresa, ou até mesmo exigido pelo seu cliente.

O QUE É IQF?

IQF é uma sigla que significa Índice de Qualificação de Fornecedores e que tem como objetivo classificar e qualificar todos os seus fornecedores através de uma fórmula matemática, gerando uma pontuação para cada um deles.

Com essa análise em mãos, fica mais fácil e seguro escolher o melhor provedor de acordo com os critérios que são importantes para a empresa, dispensando, por exemplo, consultar o histórico toda vez que for preciso tomar uma decisão.

COMO CALCULAR O IQF?

O cálculo possui variáveis (critérios que serão avaliados) e cada uma delas possui um peso, ambos determinados previamente pela sua equipe. Exemplo: Para uma indústria de moldes que atende montadoras é essencial que o prazo de entrega seja cumprido pelo seu fornecedor, logo, a variável “pontualidade” deverá ter um peso maior que as outras.

Exemplo prático:

IQF= (Entregas fora do prazo) -1) x100
Total de entregas

Este seria um cálculo básico para classificar os fornecedores com base na pontualidade. Como citado no exemplo, o prazo de entrega é algo muito importante neste tipo de indústria, portanto os gestores decidiram dar “peso dois” para esta variável.

IQF= (2x Entregas fora do prazo) -1) x100
Total de entregas

A forma de calcular cada variável pode ser definida pela empresa e as outras variáveis não precisam seguir a mesma fórmula. O importante é que todos os fornecedores sejam avaliados e recebam uma pontuação.

Exemplos de variáveis mais comuns: pontualidade, qualidade, certificações e preço.

Exemplo:

tabela1-iqf-dbcorp-blog

Classificação definida pela empresa:

fornecedores-iqf-blog-dbcorp

Neste exemplo, o fornecedor 3 está mais qualificado para atender o pedido de compra.

É importante validar periodicamente com outros departamentos, como produção e compras se é necessário incluir novas variáveis ou alterar o peso de algum critério.

Com que frequência devo fazer o controle do IQF? Sempre que receber um pedido de compra, pois será possível analisar todo o ciclo, do pedido à entrega do material.

QUAIS OS IMPACTOS DE NÃO GERENCIAR O IQF?

Muito além de se certificar que os recursos estão dentro do padrão de qualidade, os indicadores são responsáveis por fornecer informações importantes que podem ter impacto com efeito cascata.

Recebimento de material não conforme

Consequências: Devolução do material ou retrabalho, causando replanejamento na fábrica e possível atraso na entrega do produto final.

Recebimento do material fora do prazo de entrega

Consequências: Replanejamento na fábrica, atraso na entrega do produto final podendo gerar multa e até problemas jurídicos. O relacionamento com o cliente também pode ser afetado pela perda de credibilidade.

Efeito cascata: Os problemas citados acima impactam diretamente no cronograma da cadeia produtiva, sendo muito comum afetar a entrega de outros projetos, o fluxo de caixa e a disponibilidade da fábrica. Perde-se tempo, dinheiro e compromete o relacionamento com os clientes.

COMO O IQF PODE AJUDAR OS SEUS FORNECEDORES?

O controle de IQF pode ser de grande valia para os seus provedores de matéria-prima também, pois compartilhando a avaliação, eles poderão desenvolver um plano de ação para corrigir falhas e elaborar melhorias que possivelmente afetam mais clientes.

Abrir este canal de comunicação com seus fornecedores pode ser muito vantajoso para ambos os lados, pois cria-se uma relação colaborativa e com muito mais confiança.

A escolha de um parceiro pode causar grande impacto na cadeia produtiva, por isso é muito importante basear suas decisões no controle de qualidade dos fornecedores. Você pode calcular o IQF da forma que considerar mais aderente ao seu negócio, como em planilhas.

No ERP da DBCORP é possível parametrizar as variáveis e seus respectivos pesos, e a partir disso o cálculo do IQF é feito automaticamente pelo sistema. Sendo possível até mesmo alertar o usuário que o fornecedor escolhido tem uma pontuação baixa antes da compra ou bloquear (opcional) o fornecedor. Outra vantagem da DBCORP é a possibilidade de automatizar o envio de feedbacks periódicos do IQF para cada fornecedor.

No ERP da DBCORP o usuário também pode fazer o rateio de compras dos itens com base no IQF. Exemplo: uma empresa pode comprar 80% de um pedido com o fornecedor com maior IQF, 15% do fornecedor com o segundo melhor índice e 5% do terceiro. Desta forma a empresa sempre terá 3 fornecedores disputando o melhor IQF e melhorando seus processos para manter a parceria.

Quer saber mais? Fale com a nossa equipe e tire suas dúvidas!

Leia também

Assine nossa
Newsletter